quinta-feira, 27 de abril de 2017

1ª Leitura - At 7,5l - 8,1a - 02.05.2017

3ª-feira da 3ª Semana da Páscoa
2 de Maio de 2017
Sto. Atanásio BDr, memória
Cor: Branco

Senhor Jesus, acolhe o meu espírito.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 7,5l - 8,1a

Naqueles dias, Estevão disse ao povo, aos anciãos
e aos doutores da lei:
51Homens de cabeça dura, insensíveis
e incircuncisos de coração e ouvido!
Vós sempre resististes ao Espírito Santo
e como vossos pais agiram, assim fazeis vós!
52A qual dos profetas vossos pais não perseguiram?
Eles mataram aqueles que anunciavam a vinda do Justo,
do qual, agora, vós vos tornastes traidores e assassinos.
53Vós recebestes a Lei, por meio de anjos,
e não a observastes!'
54Ao ouvir essas palavras, eles ficaram enfurecidos
e rangeram os dentes contra Estêvão.
55Estêvão, cheio do Espírito Santo,
olhou para o céu e viu a glória de Deus
e Jesus, de pé, à direita de Deus.
56E disse: 'Estou vendo o céu aberto,
e o Filho do Homem, de pé, à direita de Deus.'
57Mas eles, dando grandes gritos e, tapando os ouvidos,
avançaram todos juntos contra Estêvão;
58arrastaram-no para fora da cidade
e começaram a apedrejá-lo.
As testemunhas deixaram suas vestes
aos pés de um jovem, chamado Saulo.
59Enquanto o apedrejavam, Estêvão clamou dizendo:
'Senhor Jesus, acolhe o meu espírito.'
60Dobrando os joelhos, gritou com voz forte:
'Senhor, não os condenes por este pecado.'
E, ao dizer isto, morreu.
8,1aSaulo era um dos que aprovavam a execução de Estêvão.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

1ª Leitura - At 6,8-15 - 01.05.2017

2ª-feira da 3ª Semana da Páscoa
1 de Maio de 2017
Cor: Branco

Não conseguiam resistir à sabedoria
e ao Espírito com que ele falava.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 6,8-15

Naqueles dias:
8Estêvão, cheio de graça e poder,
fazia prodígios e grandes sinais entre o povo.
9Mas alguns membros da chamada Sinagoga dos Libertos,
junto com cirenenses e alexandrinos,
e alguns da Cilícia e da Ásia,
começaram a discutir com Estêvão.
10Porém, não conseguiam
resistir à sabedoria e ao Espírito com que ele falava.
11Então subornaram alguns indivíduos, que disseram:
'Ouvimos este homem dizendo blasfêmias
contra Moisés e contra Deus.'
12Desse modo, incitaram o povo,
os anciãos e os doutores da Lei,
que prenderam Estêvão e o conduziram ao Sinédrio.
13Aí apresentaram falsas testemunhas, que diziam:
'Este homem não cessa de falar
contra este lugar santo e contra a Lei.
14E nós o ouvimos afirmar que Jesus Nazareno
ia destruir este lugar e ia mudar os costumes
que Moisés nos transmitiu.'
15Todos os que estavam sentados no Sinédrio
tinham os olhos fixos sobre Estêvão,
e viram seu rosto como o rosto de um anjo.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

quarta-feira, 26 de abril de 2017

1ª Leitura - At 2,14.22-33 - 30.04.2017

3º Domingo da da Páscoa
30 de Abril de 2017
Cor: Branco

Não era possível que a morte o dominasse.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 2,14.22-33

No dia de Pentecostes,
14Pedro de pé, junto com os onze apóstolos,
levantou a voz e falou à multidão:
22'Homens de Israel, escutai estas palavras:
Jesus de Nazaré foi um homem aprovado por Deus,
junto de vós, pelos milagres, prodígios e sinais
que Deus realizou, por meio dele, entre vós.
Tudo isto vós bem o sabeis.
23Deus, em seu desígnio e previsão,
determinou que Jesus fosse entregue pelas mãos dos
ímpios, e vós o matastes, pregando-o numa cruz.
24Mas Deus ressuscitou a Jesus,
libertando-o das angústias da morte,
porque não era possível que ela o dominasse.
25Pois Davi dele diz:
Eu via sempre o Senhor diante de mim, pois está à
minha direita para eu não vacilar.
26Alegrou-se por isso meu coração
e exultou minha língua
e até minha carne repousará na esperança.
27Porque não deixarás minha alma
na região dos mortos nem permitirás que teu Santo
experimente corrupção.
28Deste-me a conhecer os caminhos da vida e
a tua presença me encherá de alegria.
29Irmãos, seja-me permitido dizer com franqueza
que o patriarca Davi morreu e foi sepultado e seu
sepulcro está entre nós até hoje.
30Mas, sendo profeta, sabia que Deus lhe jurara
solenemente que um de seus descendentes
ocuparia o trono.
31É, portanto, a ressurreição de Cristo que previu e
anunciou com as palavras:
Ele não foi abandonado na região dos mortos
e sua carne não conheceu a corrupção.
32Com efeito, Deus ressuscitou este mesmo Jesus
e disto todos nós somos testemunhas.
33E agora, exaltado pela direita de Deus,
Jesus recebeu o Espírito Santo que fora prometido
pelo Pai, e o derramou, como estais vendo e ouvindo.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

1ª Leitura - At 6,1-7 - 29.04.2017

Sábado da 2ª Semana da Páscoa
29 de Abril de 2017
Sta. Catarina de Sena VgDra, memória
Cor: Branco

Escolheram sete homens
repletos do Espírito Santo.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 6,1-7

1Naqueles dias:
o número dos discípulos tinha aumentado,
e os fiéis de origem grega começaram a queixar-se
dos fiéis de origem hebraica.
Os de origem grega diziam que suas viúvas
eram deixadas de lado no atendimento diário.
2Então os Doze Apóstolos
reuniram a multidão dos discípulos e disseram:
'Não está certo que nós deixemos
a pregação da Palavra de Deus para servir às mesas.
3Irmãos, é melhor que escolhais entre vós
sete homens de boa fama,
repletos do Espírito e de sabedoria,
e nós os encarregaremos dessa tarefa.
4Desse modo nós poderemos dedicar-nos inteiramente
à oração e ao serviço da Palavra'.
5A proposta agradou a toda a multidão.
Então escolheram Estêvão, homem cheio de fé e do
Espírito Santo; e também Felipe, Prócoro, Nicanor,
Timon, Pármenas e Nicolau de Antioquia,
um pagão que seguia a religião dos judeus.
6Eles foram apresentados aos apóstolos,
que oraram e impuseram as mãos sobre eles.
7Entretanto, a Palavra do Senhor se espalhava.
O número dos discípulos crescia muito em Jerusalém,
e grande multidão de sacerdotes judeus aceitava a fé.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

terça-feira, 25 de abril de 2017

1ª Leitura - At 5,34-42 - 28.04.2017

6ª-feira da 2ª Semana da Páscoa
28 de Abril de 2017
Cor: Branco

Eles saíram muito contentes, por terem sido considerados
dignos de injúrias, por causa do nome de Jesus.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 5,34-42

Naqueles dias:
34Um fariseu, chamado Gamaliel,
levantou-se, então, no Sinédrio.
Era mestre da Lei e todo o povo o estimava.
Gamaliel mandou que os acusados saíssem por um instante.
35Depois disse: 'Homens de Israel,
vede bem o que estais para fazer contra esses homens.
36Algum tempo atrás apareceu Teudas,
que se fazia passar por uma pessoa importante,
e a ele se juntaram cerca de quatrocentos homens.
Depois ele foi morto e todos os que o seguiam debandaram,
e nada restou.
37Depois dele, no tempo do recenseamento,
apareceu Judas, o galileu, que arrastou o povo atrás de si.
Contudo, também ele morreu
e todos os seus seguidores se dispersaram.
38Quanto ao que está acontecendo agora,
dou-vos um conselho:
não vos preocupeis com esses homens e deixai-os ir embora.
Porque, se este projeto ou esta atividade é de origem humana
será destruído.
39Mas, se vem de Deus,
vós não conseguireis eliminá-los.
Cuidado para não vos pordes em luta contra Deus!'
E os membros do Sinédrio aceitaram o parecer de Gamaliel.
40Chamaram então os apóstolos, mandaram açoitá-los,
proibiram que eles falassem em nome de Jesus,
e depois os soltaram.
41Os apóstolos saíram do Conselho, muito contentes,
por terem sido considerados dignos de injúrias,
por causa do nome de Jesus.
42E cada dia, no Templo e pelas casas,
não cessavam de ensinar e anunciar
o evangelho de Jesus Cristo.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

1ª Leitura - At 5,27-33 - 27.04.2017

5ª-feira da 2ª Semana da Páscoa
27 de Abril de 2017
Cor: Branco

Disso somos testemunhas, nós e o Espírito Santo.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 5,27-33

Naqueles dias:
27Eles levaram os apóstolos e os apresentaram ao Sinédrio.
O sumo sacerdote começou a interrogá-los,
28dizendo: 'Nós tínhamos proibido expressamente
que vós ensinásseis em nome de Jesus.
Apesar disso, enchestes a cidade de Jerusalém
com a vossa doutrina.
E ainda nos quereis tornar responsáveis
pela morte desse homem!'
29Então Pedro e os outros apóstolos responderam:
'É preciso obedecer a Deus, antes que aos homens.
30O Deus de nossos pais ressuscitou Jesus,
a quem vós matastes, pregando-o numa cruz.
31Deus, por seu poder, o exaltou,
tornando-o Guia Supremo e Salvador,
para dar ao povo de Israel a conversão
e o perdão dos seus pecados.
32E disso somos testemunhas, nós e o Espírito Santo,
que Deus concedeu àqueles que lhe obedecem.'
33Quando ouviram isto,
ficaram furiosos e queriam matá-los.
Palavra do Senhor
Fonte CNBB

segunda-feira, 24 de abril de 2017

1ª Leitura - At 5,17-26 - 26.04.2017

4ª-feira da 2ª Semana da Páscoa
26 de Abril de 2017
Cor: Branco

Os homens que vós colocastes na prisão
estão no Templo ensinando o povo!

Leitura dos Atos dos Apóstolos 5,17-26

Naqueles dias:
17Levantaram-se o sumo sacerdote e todos os do seu partido
- isto é, o partido dos saduceus -
cheios de raiva e mandaram prender os apóstolos
e lançá-los na cadeia pública.
19Porém, durante a noite,
o anjo do Senhor abriu as portas da prisão
e os fez sair, dizendo:
20'Ide falar ao povo, no Templo,
sobre tudo o que se refere a este modo de viver.'
21Eles obedeceram e, ao amanhecer,
entraram no Templo e começaram a ensinar.
O sumo sacerdote chegou com os seus partidários
e convocou o Sinédrio e o Conselho
formado pelas pessoas importantes do povo de Israel.
Então mandaram buscar os apóstolos à prisão.
22Mas, ao chegarem à prisão,
os servos não os encontraram e voltaram dizendo:
23'Encontramos a prisão fechada, com toda segurança,
e os guardas estavam a postos na frente da porta.
Mas, quando abrimos a porta,
não encontramos ninguém lá dentro.'
24Ao ouvirem essa notícia,
o chefe da guarda do Templo e os sumos sacerdotes
não sabiam o que pensar
e perguntavam-se o que poderia ter acontecido.
25Chegou alguém que lhes disse:
'Os homens que vós colocastes na prisão
estão no Templo ensinando o povo!'
26Então o chefe da guarda do Templo saiu com os guardas
e trouxe os apóstolos, mas sem violência,
porque eles tinham medo que o povo os atacasse com pedras.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB